Informações Gerais

Nossa Residência Médica é desenvolvida em três anos seguindo as orientações da Comissão de Residência Médica e Sociedade Brasileira de Anestesiologia.

 

As atividades práticas e teóricas acontecem no Complexo HC, Instituto do Câncer e Hospital Universitário. O Complexo HC é composto pelo Instituto Central, Instituto de Ortopedia e Traumatologia, Instituto da Criança, Instituto de Radiologia, Instituto de Psiquiatria e Instituto do Coração.

 

As atividades em nossa especialidade apresentaram significante crescimento tanto em complexidade dos procedimentos como em quantidade, relacionada ao avanço das técnicas cirúrgicas e procedimentos diagnósticos e terapêuticos. Nosso desafio é oferecer um programa que atenda as necessidades do Mercado formando anestesiologista capaz de enfrentar com soberania, no sentido do conhecimento científico, da habilidade treinada diariamente nestes três anos e na formação moral para o exercício de medicina que dignifique o profissional por tratar o paciente com segurança e humanismo.

 

Para tanto, contamos com o conhecimento e dedicação de nosso corpo docente e clínico. Cada ano da RM é dividido em estágios que permitem contato com todas as especialidades cirúrgicas, além de terapia intensiva e controle da dor. As habilidades se desenvolvem diariamente, com a realização dos múltiplos procedimentos, com o manejo perioperatório e discussão na sala cirúrgica.

 

Para as atividades práticas, os residentes dispõem de mais de uma centena de salas cirúrgicas e de procedimentos diagnósticos e terapêuticos, distribuídas nos diferentes institutos e especialidades, onde acontecem mais de 4.000 procedimentos mensais de cirurgias eletivas, ambulatoriais e de emergência, com oportunidade de atuação e de enfrentar todas as dificuldades envolvidas no cuidado ao paciente crítico, de todas as faixas etárias, portadores das mais variadas síndromes e comorbidades. É notável, também, o envolvimento de nossos residentes com o grande número de pacientes submetidos à transplante de órgãos, com doadores vivos ou falecidos, atividades que contribuem para formação de profissionais de alta capacitação técnica e muito requisitados no mercado de trabalho.

 

Consideramos as atividades teóricas de extrema importância. Oferecemos aulas teóricas abrangendo todos os tópicos do Programa de Residência Médica da SBA além de reuniões semanais para discussão de complicações e óbitos, envolvendo nossos residentes dinamicamente na apresentação de casos e pesquisa de literatura pertinente à discussão. Realizamos seminários sobre os temas mais instigantes e de grande importância na prática clínica. Incluímos, também, em nosso programa teórico o “Journal Club”, onde abordamos temas de impacto da literatura de anestesiologia, terapia intensiva e tratamento da dor.

 

As reuniões clínicas mensais da Disciplina de Anestesiologia da FMUSP são destinadas aos residentes e também aos anestesiologistas dos diversos institutos. Existe um revezamento, entre os Institutos, para a apresentação.

 

Julgamos a pesquisa de extrema relevância e envolvemos nossos residentes, logo no início de suas atividades do primeiro ano, a uma pesquisa clínica, que resultará em seu Trabalho de Conclusão de Curso. O objetivo da pesquisa clínica associada à residência médica não é a formação de pesquisadores, mas sim contribui para a formação de um profissional crítico na análise das publicações da área e, se for de interesse pessoal, com base para integrar-se ao programa de pós-graduação senso estrito.

 

Sentimos muito orgulho de nosso trabalho, pois grande parte de nossos residentes permanecem na Instituição atuando nas diversas especialidades da Anestesiologia ou como intensivistas ou terapeutas da dor. Recebemos notícias de nossos ex-residentes que retornaram às suas cidades de origem e nos contam a respeito de suas atuações, assim como dos que permanecem em nossa cidade e se integram nas equipes de anestesia dos mais renomados hospitais.

 

O período dedicado à residência médica representa um momento muito importante, mas também muito cansativo e estressante de nossas vidas. Respeitamos o número de horas dedicado à formação do especialista em anestesiologia e o descanso pós-plantão. Nosso objetivo é oferecer uma residência que forme um profissional completo e feliz, com equilíbrio no conhecimento clínico, na segurança, na qualidade do seu trabalho, na pesquisa que planta a semente da árvore do amanhã.

 

 

Prof. Dr. José Otávio Costa Auler Jr.

Professor Titular da Disciplina de

Anestesiologia da FMUSP

Supervisor do Programa de Residência

Médica em Anestesiologia

 

Profa. Dra. Maria José C. Carmona

Professora Associada da Disciplina de Anestesiologia da FMUSP

Supervisora Suplente do Programa de Residência Médica em Anestesiologia

Dra. Nancy Brisola Conti

Médica Preceptora da Disciplina de

Anestesiologia da FMUSP